Etiquetas

Parece que voltamos aos “velhos” episódios de Anatomia de Grey.

Esta semana, uma epidemia anda á solta no hospital.Depois do casamento de Kepner, já á algumas semanas que não tinhamos um episódio tão dinâmico e divertido. Na reta final da décima temporada e sem certezas se haverá continuidade da serie, ainda está tudo em aberto.

Alex recebe uma proposta para trabalhar numa clínica privada, convite que suscita bastante interesse pelo salário que lhe é oferecido. (Será que Justin chambers está de saída da serie?) Já a sua namorada, Wilson faz a sua primeira cirurgia de ortopedia.

Yang depara-se com um caso duplo de cardiopatia entre duas irmãs, em que não é encontrada a sua causa. Ross e Edwards ficam a vigiar os pacientes da  pesquisa de yang, para que não fiquem doentes. Em contrapartida Murphy e Jackson ficam doentes.

Sheperd, por ter sido infectado pelo vírus que se espalhou no hospital, não pode fazer a palestra que tinha organizado e é Meredith que faz o seu lugar, sem o seu conhecimento.  Já não era sem tempo que os principais protagonistas tinham um pouco mais de intervenção no enredo. Esperamos por mais nos próximos capitulos…

E Meredith termina com uma reflexão que ilustra, plenamente, este episódio dizendo: «..é um facto conhecido que os médicos são os piores pacientes, ignoramos os sintomas até estarmos caídos no chão, gostamos de pensar que somos diferentes dos nossos pacientes. Mas nenhum de nós é invencível e temos que encarar que todos nos somos humanos e algumas vezes mesmo o mais forte de nós ….precisa de ajuda»

 

Anúncios