Etiquetas

Nina Tassler, presidente da CBS, emissora da série Two and a Half Men, revelou à imprensa que na 12ª e última temporada da série, os personagens de Alan e Walden vão-se casar de forma a poderem adotar uma criança.

Walden vai passar por um grande susto, numa situação que envolverá a sua saúde, o que o deixará numa crise existencial. Ele vai querer encontrar uma maneira da sua vida ter mais significado. Então, decide adotar uma criança. Começa o processo e percebe que é muito difícil adotar uma criança sendo um homem solteiro e heterossexual. De uma vez por todas, ele decide: ‘Vou pedir a mão do Alan, vamo-nos casar e adotar uma criança enquanto um casal gay’“.

Questionada sobre as reações que tal enredo irá causar na comunidade LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros), Tassler afirmou que não se sentia preocupada com isso, dizendo que “Acho que é uma afirmação muito positiva. É como se o personagem dissesse ‘Sabem que mais? Vou adotar uma criança enquanto casal gay’, e a realidade é que ele pode fazer isso neste universo, onde, no passado, não se podia fazer e agora pode-se. Acho que essa é uma afirmação muito positiva.

Sobre um possível regresso de Charlie Sheen para a última temporada da série, Nina Tassler apenas disse que “Não estamos a conversar sobre isso neste momento“.

A 12ª e última temporada de Two and a Half Men estreia dia 30 de Outubro, nos EUA.

Anúncios