Etiquetas

,

game-of-thrones

Para celebrar a décima edição desta rubrica decidi escrever sobre a melhor serie de sempre (na minha opinião). Hesitei bastante antes de a escolher para esta semana, visto que GOT tornou-se bastante popular, não queria de todo desapontar os seus fãs.

‘Game of thrones’ ou ‘ A guerra dos tronos’ é uma serie americana que teve inicio em 2011. Baseia-se nos livros de George Martin mas foi criada por David Benioff e D.B. Weiss. Conta com quatro temporadas e quarenta episódios com cerca de uma hora.

Esta serie retrata as lutas dos sete reinos de Westeros pelo trono de ferro. Existem três linhas de historia simultânea: na muralha, a leste e entre os reinos. Esse é um dos motivos pelos quais esta serie ganhou tamanha notoriedade, há bastante diversidade entre os espaços e as historias que vão ocorrendo. Não existem episódios monótonos, apesar do primeiro não ser muito apelativo, quando chegamos ao ultimo minuto queremos perceber melhor o que se passa e aí começa a formar-se aquele viciozinho que só os fãs compreendem. Semana após semana á espera do episódio, as vezes esta espera parece interminável.

O elenco é fantástico! Apesar de não serem atores muito conhecidos (ou pelo menos, não eram até agora) mostraram ser muito talentosos. Não vos consigo falar em apenas um personagem principal, portanto vou deixar aqui alguns nomes que a mim me parecem fundamentais: Nicolaj Coster-Waldou como Jaime Lannister, Lena Headey interpreta Cersey, Emilia Clarke é a bela Daenerys Targaryen, Kit Harington é o corajoso e apaixonado Jon Snow, Richard Madden é Rob Stark, entre outros fabulosos actores. Contudo, e porque esta é a minha rubrica, não queria deixar de vos falar da minha personagem preferida, Tyron Lannister (Pinter Dinklage). Este é sem duvida a alma da serie. Em pouco tempo tornou-se num elemento fundamental. Passou de “ignorado” a “desprezado”, aquilo que faz pela sua família e pelas pessoas de que gosta é incrível e faz desta das poucas personagens, neste enredo, que tem valores a defender. Tyron é um individuo que não teve muita sorte, logo no seu nascimento foi acusado de matar a mãe e a partir daí nunca foi acarinhado pela família (excepto pelo Jaime).

Para vos elucidar um pouco mais sobre este enredo começo por descrever um pouco o inicio: Ned Stark (Sean Bean) é o patriarca da Casa Stark, uma das grandes casas nobres dos Sete Reinos de Westeros, e o Guardião do Norte. Quando o Rei Robert Baratheon (Mark Addy), amigo de infância de Ned, viaja até Winterfell com a sua família e corte para oferecer a Ned o cargo de mão do Rei, o principal conselheiro e comandante militar no Reino, devido a morte da mão anterior, Lorde Jon Arryn. A esposa de Ned, Catelyn Stark (Michelle Fairley), recebe uma carta de sua irmã, Lysa Arryn, dizendo que  Jon Arryn foi  assassinado pela família Lannister.

Quero salientar que cada personagem tem uma particularidade, nada é deixado ao acaso, e tudo aquilo que vai acontecendo ao longo das quatros temporadas tem uma razão de ser, apesar de, por vezes, acontecerem coisas impensáveis, que ninguém estava à espera. A verdade é que quando isso acontece a trama leva uma reviravolta e nós (espectadores) ficamos boquiabertos.

Podem ter a certeza que é uma serie que vale a pena, mas tenham cuidado…é viciante!

Espero que seja uma mais-valia para vocês esta dica. Não alonguei muito porque não quero estragar as surpresas que vocês terão ao assisti-la.

Espero pelo vosso feedback.

Boa semana!

Anúncios